Voltando a desenhar


Desenhos / sábado, Fevereiro 24th, 2018

Passei as últimas duas semanas usando o tempo de folga quase inexistente na minha vida pra aprender a usar o illustrator – pela primeira vez – e o photoshop de uma maneira que eu nunca tinha utilizado antes!

Agora, que as meninas estão um pouquinho maior e podem sair do meu colo em algum momento (coisa que eu juro que nunca aconteceu nos 2 primeiros anos praticamente), eu até consigo relembrar um pouco do que eu era e aperfeiçoar técnicas que eu tinha deixado pra trás há anos.

Depois de baixar o illustrator, sábado passado, eu criei esses 3 desenhos:

Pra uma primeira tentativa eu achei legalzinho até, mas milhas e milhas longe da minha intenção!

No meio da semana, eu rabisquei um mago que seria a minha primeira tentativa de atribuir um cenário à volta do desenho e transformar a imagem em algo com uma mensagem (ou uma mini história) enfim, algo que deixasse a imagem mais interessante…

Foi tentando desenhar esse mago que eu percebi que passava um trabalho desgraçado pra desenhar curvas com o mouse, principalmente porque eu sou canhota e eu pego o mouse com a mão direita! Se eu quisesse desenhar algo perto da minha intenção eu precisaria virar destra da noite pro dia OU ir atrás de um drawing pad.

Eu até ía escrever aqui sobre a minha escolha do drawing pad, mas depois de descobrir que um Cintiq custa mais de 10 mil reais no Brasil, eu fiquei deprimida. É complicado, gente. Pra ter as coisas, morando no Brasil, tem que querer muito ou trabalhar com isso. Certamente, jamais eu teria decidido comprar um pad e saído no mesmo dia atrás dele se ainda morasse por lá.

Mesmo assim, eu não comprei um Cintiq porque achei muito investimento pra algo que eu não sabia se iria me adaptar e que, em princípio, não geraria renda.

Comprei primeiro o Intuos Pro, porque eu achei que ele seria ligeiramente melhor que os mais básicos e não era assim tão caro. Esse cara aqui:

Devolvi correndo no dia seguinte porque, como eu sou canhota, passei o tempo todo apertando os botões laterais – que eu nunca uso – com a mão que ficou sempre em cima deles. Achei desconfortável e não achei que oferecesse nada de muito diferente das versões mais básicas.

Optei então pelo Intuos Art porque era o único dos mais básicos que tinha a versão em tamanho médio e gostei bastante! Encaixou bem na minha mesa e os botões não me atrapalham.

Demorei um pouco pra pegar a manha da caneta, se é que eu peguei, e desenhei muito descoordenadamente um gatinho.

Não ficou uma brastemp, óbvio, mas olha a diferença de desenhar com a caneta (que parece lápis no papel) e desenhar com o mouse.

Gostei bastante do pad e mal posso esperar pra fazer meu primeiro desenho completo-de-verdade nele!

Então… por isso eu desapareci!

ps: Eu não deveria, mas eu separei meu instagram pessoal do instagram dos desenhos. Quem quiser seguir: www.instagram.com/dreamsofrainydays 

Bom final de semana, pessoal!

3 Replies to “Voltando a desenhar”

  1. Eu sou doida por ilustração, então meus olhinhos já brilharam quando eu li o título desse post! Não fazia ideia que você ilustrava e fiquei encantada pelo seu instagram (que já estou seguindo!). É tão bom voltar a fazer algo que gostamos, né?

    Ah, e meu marido tem uma Cintiq (que chamamos infamemente de Cintia ahahahah). Compramos quando fomos nos EUA, no ano passado… como ele ilustra, ele amou! É realmente um investimento bem pesado mas, pelo que vejo, vale a pena se for o que você realmente fazer 🙂

  2. Shell, que desenhos lindos. Coincidência eu ter chego aqui no teu blog, bem no dia que tive minha primeira aula de Ilustrator no curso de Design Gráfico que comecei. Nossa, tu és muito talentosa. Esse Intuos parece uma ferramenta bem boa pra se investir. Quem sabe, né? Mas eu não desenho nem perto do que tu desenha hehehe, só boneca palito kkkkkkk beijos!

  3. Amei seus desenhos ♥
    Concordo que aqui no Brasil é muito difícil conseguir ter coisas. Principalmente quando a pessoa usa o objeto pra um hobbie. É o caso das câmeras fotográficas. Uma câmera profissional custa uns 2 mil reais. Se a pessoa não trabalha com isso, fica difícil separar uma verba pra investir.
    Continue desenhando! Amei o desenho do gatinho e das menininhas dividindo o guarda-chuva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *