Um blog sobre coisas que eu gosto e um registro das nossas pequenas aventuras em família.

A casa de Esqueceram de mim ( Home Alone )

Eu jamais saberia por onde começar a falar sobre essa casa, esse filme e o impacto que eles tiveram sobre o meu sonho de infância de morar em um lugar onde o Natal tivesse essa cara.

Eu sou completamente apaixonada, não pela casa milionária, mas pela sensação que é transmitida enquanto eu assisto esqueceram de mim. Ver a neve cair no Natal e reunir a família ao redor das luzes que piscam, pra mim é a mágica da vida real.

E agora, finalmente, é Natal! E Natal pede o Kevin (Macaulay Culkin) -desde 1990!

Pesquisando a capa, eu achei interessante ver que o título do filme em francês é “Mamãe, eu perdi o avião” – o que funciona para os dois filmes bem certinho!

Mas o meu foco aqui é a casa, sempre! A casa de “Esqueceram de mim” (título original: “Home Alone”) é a minha preferida da história do cinema! E tantas coisas já foram ditas, escritas e exploradas nesses 27 anos desde o lançamento do filme, em 1990, que eu demorei muito tempo pra conseguir abordar essa casa da maneira que fosse interessante pra mim!

Por isso, pra esse post – que eu passei uns 3 anos ensaiando – eu fiz coisas especiais e eu acredito que eu vá dividí-lo em 2 partes. Talvez em 10!

A primeira coisa que eu fiz, foi desenhar a fachada! Poder clicar na foto pra baixar a versão ampliada!

Pra quem se interessa pelo processo e quiser pintar sua própria fachada, pode baixar o PDF aqui!

Eu estava bem contente com a minha casinha, até descobrir que existem profissionais de verdade que tinham feito um poster muito legal e o meu desenho passou a ser uma grande cacaca. Observem:

Essa é a diferença entre ser pago pra passar o dia inteiro fazendo algo e desenhar em vários intervalos de 10 minutos, sentada no banheiro, enquanto tu espera as tuas filhas de 3 anos fazerem o que elas têm que fazer depois de ter trabalhado 8 horas!

Informação demais?

Bom, mas o importante é que eu não desanimei e eu gostei bastante da minha versão também! Apesar da pobreza de detalhes! =/

Então… eu não teria conseguido desenhar a fachada se eu não tivesse desenhado as plantas, né? No post seguinte, essa planta vai ser repetida, mas com mais informações!

Aqui, a versão “limpa” da planta-baixa. E, sim! A fachada encaixa perfeitamente na planta.

Dá pra ver que o Kevin acertou bem quando ele desenhou a plantinha no filme!

Como é um filme de Natal, TU-DO nele é verde e vermelho ao extremo! Incluindo a roupa dos figurantes, os pacotes que as pessoas carregam, realmente TUDO – começando pela fachada de tijolos avermelhados com esquadrias verde-escuras e brancas!

Reparem que como há muitas janelas, a unidade das cortinas se torna muito importante. Imagina que carnaval seria olhar pra cada uma dessas janelas e encontrar cores e estampas diferentes! Isso acontece muito nas casas que eu observo andando pela rua. Funciona do lado de dentro, mas o efeito visual externo não é dos melhores!

As paredes da casa trazem um verde um pouco saturado com tapetes vermelhos escuros e lisos no corredor.

As flores também acentuam a combinação Natalina!

Foto 1: O corredor.

Foto 2: A escada para o sótão. 

Foto 3: O banheiro de cima.

Eu falei que a casa era muito verde e vemelha, já?

Foto 4: O mezanino principal

Foto 5: O corredor principal

Foto 6 – O hall

Foto 7 : A escada – A gente enxerga outras cores, mas reparem como até a roupa dos personagens e a mala estão sempre em tons de verde + vermelho + neutro. O quadro na parede consegue ter a moldura e a arte com essas cores também! É um trabalho extremamente minucioso!

Foto 8: A sala do piano

Foto 9: A sala de estar

Foto 10:  A sala de jantar

OLHA!!! Um papel de parede! Esse, com certeza eu usaria de verdade na minha!

Foto 11: A vista da sala de estar para a sala de jantar

Foto 12: O porão

Fotos 13 a 17 – A cozinha:

Fotos 18 a 23 – O quarto principal: Reparem que como o papel de parede e as cortinas são MUITO estampados e os móveis muito rebuscados, eles optaram por manter as roupas de cama e tapetes lisos pra equilibrar um pouco. Mas sim, claramente continua exagerado – o que funcionou perfeitamente pro filme.

Fotos 24 e 25 – O quarto do Buzz:

 

Foto 26 – O sótão: 

 

Foto 27 – A vista para o Hall

Fotos 28 e 29 – Close dos tapetes e papel de parede na sala de estar

 

A localização exata da casa (que foi apagada do google maps provavelmente pra manter a privacidade) é essa aqui:

https://www.google.com/maps/place/671+Lincoln+Ave,+Winnetka,+IL+60093,+USA/@42.1096617,-87.7346673,282m/data=!3m1!1e3!4m5!3m4!1s0x880fc4f69986bd23:0x4de87dfec1eff90a!8m2!3d42.1097278!4d-87.7336614

Até as casas da volta ficam difíceis de reconhecer devido à censura do Google!

Eu entendo perfeitamente que a casa seja uma propriedade privada… mas quem compra a casa de “Esqueceram de mim” – que foi vendida há pouco tempo – já deveria mais ou menos calcular que o turismo existiria, né?

Assim que eu ganhar na loteria, compro essa casa, deixo ela inteira igual ao filme e abro pra exposição, tá?

Mentira. Vou precisar morar nela quando eu comprar….

Esse post continuará na Parte 2.

FINALMENTE É NATAL!

Beijos, beijos!



20 thoughts on “A casa de Esqueceram de mim ( Home Alone )”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *