Desculpem a ausência.


Pessoal / sábado, Março 10th, 2018

Desculpem a minha ausência do blog. Andei tendo crises.

Desde pequena eu tenho crises de pânico. Com o tempo, aprendi a controlar elas e faz anos que já esqueci como é passar por crises intensas.

O que aconteceu há mais ou menos 2 anos, foi que eu entrei em um estado constante de pânico. Bem diferente das crises.

Passei por médicos, psiquiatras, psicólogos, terapeutas e fizeram vários diagnósticos. Síndrome do pânico, depressão pós-parto (eu tive um parto bem traumático e que eu ainda não ‘engoli’), esquizofrenia.

Nada disso soava muito certo pra mim quando eu lia sobre os distúrbios e eu resolvi pesquisar no google o que diabos estaria errado comigo, apesar de todos os profissionais dizerem pra eu sair do google.

Em Julho do ano passado, eu comecei a achar que eu estava com vermes. E pode parecer completamente aleatório, mas eu li que muitas pessoas que são diagnosticadas com depressão, na verdade têm vermes.

Passei uns 6 meses sem conseguir engolir sólidos em 2016 e meu estômago me incomodava muito, além de outros sintomas que vocês vão ter que pesquisar no google porque eu não vou comentar!

Então, depois de insistir 4 meses com a médica pra fazer o exame, ela finalmente me deu a requisição só pra eu parar de encher o saco (os médicos aqui ganham por pessoa que eles atendem em um dia e a média de tempo que eles passam no consultório contigo não atinge 5 minutos).

Eu tinha sim giárdíase, no final das contas. Fazia pelo menos um ano e o meu organismo já não estava mais reagindo a ela.

Então, tomei o remédio e em 3 dias nunca mais tive aquela sensação de medo e perigo eminente que eu chamei ali em cima de “pânico constante”.

Em 3 dias, tudo passou e eu me sentia normal de novo (tipo, normal na medida do possível, né? Um parafuso solto eu sempre tive.)

Acontece que é meio complicado de se livrar da giárdia e passados uns 2 meses, comecei com os sintomas de novo.

Agora, faz uns 2 meses também que eu tô tentando conseguir fazer o tratamento de novo porque é um pouco difícil “captar” a giárdia no exame e enquanto não tiver um exame positivo, a médica não vai me dar o remédio de novo.

Por isso eu não andava conseguindo postar! Fiquei com um medo grande, incontrolável e quase incapacitante. Me desculpem! Continuo com a minha meta de atualizar o blog ao menos uma vez por semana!

Andei tentando remédios naturais e estou me sentindo bem melhor (giárdia vem e volta…)!

Vou ver se hoje à noite sento e faço um post descente por aqui!

*Uma dica pra quem tem ou suspeita que tem giárdia e não quer tomar o remédio ou não consegue (como eu): O tratamento com o chá de alho não é bom, mas tem funcionado bem! =)

Morrendo de saudades!

– Shell

7 Replies to “Desculpem a ausência.”

    1. Muito Obrigada, Camila! Eu já me sinto bem melhor, mas tenho que fazer a dieta com coisas que o verme não come por cerca de 4 meses e é super difícil! Eu sempre acabo cedendo à praticidade dos sanduíches e tomando leite!
      Coisinha do capeta esse, viu?
      Beijos pra ti!

    1. Ah, querida =) Muito obrigada! Eu acho que é sempre válido porque alguém pode estar sofrendo sem saber o que tem e vai que dá uma luz, sabe?
      Eu ando tentando arranjar tempo na vida pra chegar aos pés de alguém como tu e sustentar o povo fazendo algo mais artístico, mas tá complexo! hahaha
      Obrigada mesmo assim!

      Beijos pra ti!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *